quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

HB realiza celebração ecumênica

Na manhã de hoje, 22 de dezembro, foi realizado um encontro ecumênico para celebrar a chegada do Natal e a entrada de um novo ano.
Diretoria, corpo clínico, colaboradores e visitantes estiveram presentes e oraram juntos pelos pacientes e por todos do Hospital de Base.
Entre os pedidos, saúde e paz estavam nas intenções de todos, além de esperança e fé.
Estiveram presentes representantes da igreja católica, evangélica e espírita, além de um coral religioso de natal.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Semana no HB é animada por festas de natal

Durante esta semana a rotina no Hospital de Base é diferente, isso porque vários voluntários organizam um momento de descontração e alegria para os pacientes.
São festas, música, panetone, presentes e muito carinho. Enquanto uns riem, outros choram de emoção, todos com o sentimento do natal no peito.
Muitas crianças sabem que aquele deve ser o único presente neste natal e os voluntários ficam com a sensação de dever cumprido.
Hoje o Magazine Luiza trouxe presente para as crianças da Pediatria do Ambulatório, a Associação dos Voluntários do HB arrecadou presentes e panetones para distribuir nesta tarde, além da AMICC e voluntários independentes que trouxeram um pouco de alegria para os corredores da instituição.










segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Ministro anuncia unidade de radioterapia e confirma liberação de verba para setor de hemodinâmica do HB

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou no sábado, 10 de dezembro, a liberação de verba para a construção e aquisição de equipamentos para uma unidade de radioterapia no HB, para tratamento de pacientes com câncer.
Dr. Horácio José Ramalho, diretor executivo da Funfarme/HB estima que para construir e equipar a unidade serão necessários R$6 milhões.
Segundo Dr. Horácio, o projeto técnico para a construção da unidade está concluído. “Os equipamentos de radioterapia são muito caros. A preparação do local exige até blindagem. Tudo isso encarece a implantação da unidade”, afirmou.
Até 2013, o Ministério da Saúde pretende construir 32 novas unidades de radioterapia em todo o país, sendo uma delas em Rio Preto.
Padilha garantiu também a liberação de R$ 3 milhões para melhorias no setor de hemodinâmica do hospital.

Unidade de Transplantes do HB é inaugurada


Dr. Horacio agradece presença de ministro na inauguração

O ministro da Saúde, Dr. Alexandre Padilha, inaugurou neste sábado, 10 dezembro, a nova Unidade de Transplantes do Hospital de Base de Rio Preto, no 8° andar da instituição.
O HB é referência nacional em transplantes de órgãos e tecidos, tendo realizado 3.242 procedimentos desde o início de suas atividades, em 1990, até o início deste mês. Nos dois primeiros anos, foram feitos transplantes de córneas. O primeiro transplante de órgãos (rim) foi realizado em 15 de dezembro de 1992.
O HB realiza transplantes de córnea, fígado, coração, medula óssea, pâncreas e rim.
A Funfarme – Fundação Faculdade Regional de Medicina - investiu R$ 1,3 milhão na nova Unidade de Transplantes de Órgãos e Tecidos, compreendendo infra-estrutura, equipamentos e mobiliário. A Unidade dispõe de instalações comparáveis às dos principais centros nacionais e internacionais e ocupa área total de 800m², contando com 32 leitos estruturados para atender especificamente às necessidades de acessibilidade do paciente transplantado.
O Hospital de Base atende 101 municípios de uma região que concentra 2 milhões de habitantes. A excelência e os resultados obtidos pelas equipes de transplantes do Hospital de Base, no entanto, atraem pacientes de todo o Brasil. Os diferenciais da Unidade são o alto conhecimento dos profissionais, eles também professores da Faculdade de Medicina de Rio Preto, a grande experiência e o fato de integrarem uma equipe multidisciplinar, formada por médicos, enfermeiras, nutricionistas, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, entre outros.
O Hospital de Base é uma das poucas instituições do país a centralizar esses procedimentos com autorização do Ministério da Saúde.

Unidade de Transplante integra a assistência, o ensino e a pesquisa

“Concentrar todas as equipes de transplante numa mesma área irá colaborar para intensificar ainda mais a integração e a troca de conhecimento e experiências entre elas”, destaca o Diretor Executivo da Funfarme, Dr. Horácio José Ramalho.
A Unidade do Hospital de Base tem papel importante na formação de profissionais de todas as áreas da Saúde especializados em transplantes, inclusive atraindo de outras regiões do país e como cenário para a condução de inúmeras pesquisas. Desde 2006, a Faculdade de Medicina de Rio Preto possui um laboratório de pesquisas básicas, onde são testadas novas drogas.
“O Hospital de Base está sempre entre os centros brasileiros escolhidos para participarem de testes de novos medicamentos realizados conjuntamente por instituições de todo o mundo”, ressalta Dr. Mário Abbud Filho, Diretor do Cintrans - Centro Interdepartamental de Transplantes de Órgãos e Tecidos Famerp/Funfarme.
A nova Unidade de Transplantes do Hospital de Base de Rio Preto desempenha assim papel fundamental na integração da assistência, ensino e pesquisa no complexo Hospital de Base/Famerp.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Ministro da Saúde inaugura Unidade de Transplantes no HB

Ministro Alexandre Padilha inagura Unidade de Transplantes
O ministro da saúde, Dr. Alexandre Padilha, vem a Rio Preto dia 10 dezembro para inaugurar a nova Unidade de Transplantes do Hospital de Base de Rio Preto.
O HB é referência nacional e já realizou mais de 3000 transplantes desde o início de suas atividades.
A inauguração está prevista para as 9 horas, no 8° andar da instituição.
Comparada aos melhores centros internacionais, esta unidade ocupa um andar exclusivo e totalmente dedicado ao serviço de transplante de órgãos e tecidos. O novo espaço conta com uma área de 800m², disponibilizando 32 leitos, que foram estruturados de forma a atender especificamente às necessidades de acessibilidade do paciente transplantado.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sudeste apresenta redução na incidência de AIDS

O número de casos em cada 100 mil pessoas na região caiu de 19,2 em 2009 para 17,6 em 2010. Índice nacional foi mantido estável no período
O investimento do Sistema Único de Saúde na prevenção e na ampliação da testagem e do acesso ao tratamento antirretroviral, além da capacitação dos profissionais de saúde, mantém sob controle a epidemia de aids no Brasil. É o que mostra o Boletim Epidemiológico Aids/DST 2011, divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Ministério da Saúde. Na região Sudeste, por exemplo, a taxa de incidência da doença sofreu redução.
O número de casos notificados em cada grupo de 100 mil pessoas na região caiu de 19,2 em 2009 para 17,6 em 2010. Neste mesmo intervalo de tempo, a incidência em São Paulo passou de 18,1 para 15,9. No Rio de Janeiro, os casos de aids notificados  por 100 mil habitantes foi de 30,8 em 2009, contra 28,2 no ano seguinte.
De acordo com o boletim, a prevalência (estimativa de pessoas infectadas pelo HIV) da doença permanece estável em cerca de 0,6% da população, enquanto a incidência (novos casos notificados) teve leve redução de 18.8/100 mil habitantes em 2009 para 17,9/100 mil habitantes em 2010.
“Estamos investindo na expansão da testagem rápida para garantir que o diagnóstico seja o mais breve possível, com ações do Fique Sabendo. Quanto mais cedo o vírus é descoberto, mais cedo tem início o tratamento, proporcionando qualidade de vida para quem vive com a doença”, destaca o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Em alguns grupos, o avanço no combate à epidemia é mais marcante. Entre os menores de cinco anos de idade, casos relacionados à transmissão vertical, ou seja, da mãe para o bebê durante a gravidez, o parto ou pelo leite materno, a taxa de incidência (número de casos por 100 mil habitantes), caiu 41% de 1998 a 2010.
Em relação à taxa de mortalidade, o Boletim também sinaliza queda. Em 12 anos, a taxa de incidência baixou de 7,6 para 6,3 a cada 100 mil pessoas. A queda foi de 17%.
O boletim, no entanto, chama a atenção para públicos específicos, que têm tido comportamento diverso e ampliado o número de casos.  Ao longo dos últimos 12 anos, a porcentagem de casos na população de 15 a 24 anos caiu. Já entre os gays a mesma faixa houve aumento de 10,1% entre os gays da mesma faixa. No ano passado, para cada 16 homossexuais dessa faixa etária vivendo com aids, havia 10 heterossexuais. Essa relação, em 1998, era de 12 para 10.
Na população de 15 a 24 anos, entre 1980 e 2011, foram diagnosticados 66.698 casos de aids, sendo 38.045 no sexo masculino (57%) e 28.648 no sexo feminino (43%). O total equivale a 11% do total de casos de aids notificados no Brasil desde o início da epidemia ocorre entre jovens.
A campanha do Dia Mundial deste ano, por meio do slogan “A aids não tem preconceito. Previna-se”, reforça a necessidade de se discutirem questões relacionadas à vulnerabilidade à aids entre jovens gays de 15 a 24 anos e entre pessoas vivendo com HIV/aids. Também busca uma sociedade mais solidária, sem preconceito e tolerante à diversidade sexual.

Da Agência Saúde -
Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais/MS

terça-feira, 18 de outubro de 2011

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Transplantados querem mais uma vitória no jogo de hoje

Tradicional jogo de futebol dos transplantados contra a equipe de transplante do HB acontece hoje, às 19h30, na quadra da Famerp
Pacientes transplantados do Hospital de Base dão “show de bola” hoje na quadra da Famerp. O tradicional jogo faz parte da Semana Nacional de Incentivo à doação de órgãos.
Os transplantados já ganharam no jogo da vida ao receber um órgão e ter uma nova chance de recomeço.
Para eles o placar é um mero detalhe.
“Todos os anos eu participo do jogo, é como se eu pudesse mostrar para todo mundo que nasci de novo”, diz Rildo, transplantado renal.
Para Dr. Renato Silva, que participa desde a primeira edição há 11 anos, é uma alegria poder comemorar com os pacientes.

“O jogo já é tradição em nossa cidade, eles correm, brincam e mostram que estão com a saúde perfeita”, conclui Dr. Renato Silva, médico do transplante de fígado.
O diretor executivo da Funfrme, Dr. Horácio José Ramalho, lembra que esta semana é importante para alertar a população sobre a importância deste gesto de solidariedade que é o “sim” da família em um momento tão difícil.


sexta-feira, 16 de setembro de 2011

HB encerra 18ª Semana Interna de Prevenção de Acidente

O HB encerrou hoje, 16 de setembro, a 18ª SIPAT com um espetáculo teatral direto da capital paulista. A peça intitulada "Lica faxineira" falou sobre o valor da vida, da auto-estima, alcoolismo e drogas na família e fofocas no ambiente de trabalho.
Foi emocionante presenciar dezenas de funcionários entrando pela 1ª vez em um teatro.
"É o HB valorizando a cultura e humanidade de seus colaboradores. Parabéns aos organizadores e aos funcionários que participaram em peso de todas as atividades", diz Dr. José Luis Esteves Francisco, vice-diretor executivo Funfarme.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

10 dicas para cuidar da pele no tempo seco

Esse tempo seco judia da pele... Como ainda não há previsão de chuvas, é preciso tomar alguns cuidados para não deixar a baixa umidade acabar com a sua beleza.
Fique esperto e veja as dicas para manter a pele hidratada:

1. Use um sabonete hidratante no banho e, se possível, apenas nas áreas íntimas e axilas. O sabonete tira a hidratação natural da pele e não é bom ficar esfregando todo o corpo enquanto o tempo estiver assim
2. Tome banho com água morna – quanto mais quente, maior o ressecamento
3. Tome somente um banho por dia e de apenas 5 minutos
4. Use cremes hidratantes logo após o banho. Atenção aos cotovelos, calcanhares e joelhos
5. Escolha um creme corporal com maior capacidade hidratante. Geralmente, os melhores contém lactato de amônio ou uréia, algum óleo vegetal (rosa mosqueta, sementes de uva, macadâmia) e um anti-oxidante.
6. Não esqueça de hidratar os lábios. Você pode utilizar várias vezes por dia um batom hidratante com protetor solar ou produtos que contenham manteiga de cacau, cera de abelhas ou óleos naturais, como os de framboesa e maracujá.
7. Evite o uso do ar-condicionado, inclusive dentro do carro.
8. Não esqueça de tomar no mínimo dois litros de água e acrescente mais frutas ao cardápio para compensar a desidratação.
9. Umidifique o ambiente em que está. Pode ser com um aparelho umidificador, uma bacia com água ou toalhas úmidas
10. Mesmo utilizando o creme hidratante, não esqueça de passar o filtro solar depois!

Fonte: Revista Gloss – Editora Abril.





sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Centro Integrado de Pesquisa Dr. Horácio José Ramalho é inaugurado nesta sexta-feira

Diretoria durante inauguração da placa
O Centro Integrado de Pesquisa do complexo Hospital de Base e Famerp foi inaugurado nesta sexta-feira, 12 de agosto, e recebeu o nome do atual diretor executivo da Funfarme Dr. Horácio José Ramalho.
“Esta homenagem é mais que merecida pelo ótimo trabalho que Dr. Horácio vem executando no comando da instituição”, explica Dr. Lilia Maia, coordenadora médica do centro de pesquisa.
O Centro Integrado de Pesquisa HB/FAMERP/FUNFARME (CIP) foi planejado para conduzir estudos clínicos e pesquisas básicas, nacionais e internacionais, nas mais diversas especialidades
Dr. Horácio explica que a Famerp e Funfarme são como irmãs siamesas e não podem ser separadas, por isso, um centro integrado para as duas instituições é fundamental para a evolução das pesquisas.
Há mais de 12 anos, diversos pesquisadores do HB e a FAMERP participam de grandes estudos internacionais, em parceria com renomadas universidades como a Harvard, Duke University, McMaster University, Mayo Clinic, Cleveland Clinic, entre outras. Neste período 77 estudos clínicos já foram concluídos e 73 estão em andamento.
“Esses estudos têm como objetivo testar e identificar, em pacientes voluntários, a eficácia e segurança de novas formas de diagnóstico e tratamento de doenças”, explica Dr. Fernando Batigália, consultor de pesquisa da FUNFARME.
            Dr. Domingo Marcolino Braile esteve presente e se emocionou durante seu discurso. “Sou do tempo em que lutávamos pela estabilidade da Famerp na cidade e hoje temos o orgulho de ter um dos maiores Centros Integrados de Pesquisas da América Latina, com qualidade equiparada aos países de primeiro mundo”, conclui ele.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Enfermagem do HB é premiada pelo Coren SP

Equipe de enfermagem durante premiação

A partir de agora, 53 organizações hospitalares, públicas e privadas, do Estado de São Paulo são reconhecidos como unidades com excelência em gestão hospitalar na enfermagem e a equipe do HB, composta por mais de 1500 profissionais foi premiada como “Gestão com Qualidade: Dimensão Hospitalar”, pelo Conselho Regional de Enfermagem.
“Isso é muito importante e gratificante para nós. Mostra o bom trabalho que estamos desempenhando para nossos pacientes”, diz Maria Regina Jabur, gerente de enfermagem do HB.
As organizações hospitalares inscritas receberam a visita técnica de um avaliador, que analisou a gestão de enfermagem das instituições com base em seis perspectivas, 32 critérios e 121 itens de avaliação desenvolvidos pelo grupo de estudo do Coren-SP.
“Além da expertise do grupo de avaliadores - com profissionais das melhores instituições de São Paulo -, o instrumento de avaliação para concessão do Prêmio foi submetido à consulta pública no site do Conselho e validado durante reunião técnica, que contou com a participação de diretores de Enfermagem”, destaca Sérgio Luz, coordenador do PGQ – Programa Gestão com Qualidade.
Um manual com orientações, ficha de inscrição, regras e critérios de avaliação das organizações e das equipes de enfermagem foi distribuído às instituições. Além disso, cursos preparatórios na capital e em mais oito cidades do interior e litoral do estado de São Paulo foram promovidos, gratuitamente, para indicar aos gestores o caminho pelo qual a qualidade da sua gestão seria avaliada, garantindo, assim, isonomia entre os serviços públicos e privados interessados.
Todo o processo de elaboração do manual de orientação, regulamento, construção dos indicadores de avaliação, cursos preparatórios, abertura de inscrições ao Prêmio, treinamento dos avaliadores, visitas técnicas, apuração e validação dos dados consumiu mais de 18 meses de trabalho e dedicação de um grupo formado por mais de 15 profissionais da área.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Governador inaugura 1° Centro de referência a portadores de deficiência física no interior do Estado

Dr. Geraldo Alckmin durante inauguração
Com clima de festa, o governador de São Paulo, Dr. Geraldo Alckmin, inaugurou nesta quinta-feira, 28 de julho, a unidade Rio Preto do Centro de Reabilitação Lucy Montoro.
Alckmin fez questão de conhecer as instalações e ficou satisfeito com o resultado.
Após a inauguração oficial, ele atendeu aos jornalistas e falou sobre seus projetos para o Hospital de Base e Hospital Materno Infantil, conhecido como Hospital da Criança.
A rede abrangerá as regiões de Rio Preto, Barretos e Araçatuba, prestando atendimento a pessoas com deficiência física e doenças potencialmente incapacitantes, sem limite de idade e com equipamentos de alta tecnologia.
“Estimamos prestar 12.000 atendimentos por mês, em pacientes sequelados de acidente automobilístico e traumatismo craniano, crianças com paralisia cerebral, dor crônica incapacitante, lesão medular e pacientes oncológicos que necessitam de reabilitação física”, explica a responsável pela unidade na cidade, Dra. Regina Chueire.
O Centro Lucy Montoro, que será administrado pela Funfarme, prestará atendimento gratuito, com ênfase em três áreas: auxílio ao paciente para que aceite a deficiência, atuar para alcançar a melhor recuperação possível do paciente e, posteriormente, inseri-lo no mercado de trabalho.
“A proposta é oferecer condições à pessoa com deficiência de ser efetivamente inserida na sociedade e no mercado de trabalho, a partir do desenvolvimento de suas habilidades e potencialidades, proporcionado pela reabilitação multidisciplinar”, afirma Dr. Horácio José Ramalho, diretor executivo da FUNFARME.


Dr. Horácio Ramalho, Dr. Linamara Battistella e Dra. Regina Chueire com a placa de inauguração

Fachada do Instituto Lucy Montoro


Serviços:

Fisiatria
Serviço Social
Psicologia
Fisioterapia
Terapia Ocupacional
Condicionamento Físico
Fonoaudiologia
Nutrição
Enfermagem
Oficina Profissionalizante
Oficina de Cultura e Lazer
Tratamento especial de escaras
Centro de aplicação de Toxina Botulínica
Centro de equipamentos robóticos (na 2ª fase)
Laboratório de Marcha e Podobarometria (na 2ª fase)

Equipe do HB auxilia na 1ª captação de órgãos do Hospital Ielar


Matéria de Elton Rodrigues e Sérgio Isso - Diário da Região.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Governador inaugura unidade Lucy Montoro Rio Preto nesta quinta-feira

Por Luis Fernando Neves
O governador de São Paulo, Dr. Geraldo Alckmin, estará em São José do Rio Preto, amanhã 28 de julho, às 11 horas, para assinar o decreto da criação da unidade do Centro de Reabilitação Lucy Montoro.
A rede conta com a parceria com a FUNFARME/HB e abrangerá as Divisões Regionais de Saúde de Rio Preto, Barretos e Araçatuba, prestando atendimento a pessoas com deficiência física e doenças potencialmente incapacitantes, sem limite de idade e com equipamentos de alta tecnologia.
“Atenderemos pacientes sequelados de acidente automobilístico e traumatismo craniano, crianças com paralisia cerebral, dor crônica incapacitante, lesão medular e pacientes oncológicos que necessitam de reabilitação física”, explica a fisiatra Dra. Regina Chueire.
No local também terá oficina profissionalizante e lazer, com encaminhamento para o mercado de trabalho e, em um futuro próximo, centro de formação de residente na área de reabilitação, curso para cuidadores e comunidade, além de oficina de prótese.
“A proposta é oferecer condições à pessoa com deficiência de ser efetivamente inserida na sociedade e no mercado de trabalho, a partir do desenvolvimento de suas habilidades e potencialidades, proporcionado pela reabilitação multidisciplinar”, afirma Dr. Horácio José Ramalho, diretor executivo da FUNFARME.
As atividades da unidade devem iniciar no próximo mês, os profissionais foram selecionados através de provas específicas e testes e irão para treinamento na unidade Morumbi, em São Paulo, para aprofundar o conhecimento nas técnicas e processos padrões.
 Serviços:

  • Fisiatria
  • Serviço Social
  • Psicologia
  • Fisioterapia
  • Terapia Ocupacional
  • Condicionamento Físico
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição
  • Enfermagem
  • Oficina Profissionalizante
  • Oficina de Cultura e Lazer
  • Tratamento especial de escaras
  • Centro de aplicação de Toxina Botulínica
  • Centro de equipamentos robóticos (na 2ª fase)
  • Laboratório de Marcha e Podobarometria (na 2ª fase)

terça-feira, 26 de julho de 2011

HB reduz 86% o número de acidentes de trabalho em exames de Glicemia Capilar

A implantação da lanceta no exame de glicemia capilar, que é o teste feito com uma gota de sangue colhida no dedo, substituindo a agulha, resultou em uma queda de 86% no número de acidentes de trabalho no Hospital de Base neste ano.

De fevereiro, mês que foi implantada a lanceta, até junho, foram registrados somente 03 acidentes por este motivo, 19 a menos que o ano anterior, se comparado com o mesmo período.

Para fiscalizar o trabalho dos colaboradores da instituição, as visitas técnicas são constantes, além dos treinamentos, monitoramento do uso de equipamentos de segurança e participação ativa da coordenação de enfermagem.

Segundo o técnico do trabalho do Hospital de Base, Aldeci Donizeti Rodrigues, a segurança dentro da empresa é sinônimo de qualidade e bem-estar para os trabalhadores. Financeiramente, também é vantajosa: treinamento e infra-estrutura de segurança exigem investimentos, mas por outro lado evitam gastos com processos, indenizações e tratamentos de saúde, em casos que poderiam ter sido evitados.

O HB segue várias normas de segurança e nos últimos anos vem implantando a NR-32, que contém 208 itens a serem seguidos. As normas têm como objetivo assegurar que o resultado do trabalho seja correto, constante e econômico, além de garantir correção, regularidade, eficiência no trabalho, conforto do trabalhador e promoção na segurança.


Mais Informações:
O Brasil foi o primeiro país a ter um serviço obrigatório de segurança e medicina do trabalho em empresas com mais de 100 funcionários. Este passo foi dado no dia 27 de julho de 1972, por iniciativa do então ministro do trabalho Júlio Barata, que publicou as portarias 3.236 e 3.237, que regulamentavam a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho e atualizando o artigo 164 da CLT. Por isto, a data foi escolhida para ser o dia nacional de prevenção de acidentes de trabalho.

Era um período de fragilidade no tocante à segurança dos trabalhadores no Brasil. O número de acidentes de trabalho era tamanho que começaram a surgir pressões exigindo políticas de prevenção, inclusive com ameaças do Banco Mundial de retirar empréstimos do país caso o quadro continuasse.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Equipe do HB auxilia Santa Case de Jales na 1° Captação de Órgãos

 Por Luis Fernando Neves

Na madrugada desta quinta-feira, 07 de julho, a Santa Casa de Jales acionou o Serviço de Procura de Órgãos e Tecidos do HB (SPOT) para comunicar um potencial doador de órgãos na unidade.
O enfermeiro do SPOT/HB Marcos Moraes, junto com uma equipe médica de São Paulo, composta pelo médico-cirurgião Juan Rafael Branez Pereira e pelo médico-assistente Felipe Eulálio realizaram o procedimento para retiradas dos órgãos, junto com funcionários da Santa Casa. Entre eles, a enfermeira Célia Aparecida Fiorentino, que ficou gratificada com o trabalho.
Segundo Célia, o procedimento de retirada de órgãos teve inicia a 0h00 e terminou por volta das 03h, sem nenhuma complicação.
Os órgãos, 2 rins, fígado, pâncreas e córneas foram doados pela família de um jovem que teve morte cerebral. Os rins foram encaminhados para pacientes de Ribeirão Preto, o pâncreas e fígado foram para a capital paulista e as córneas permanecem no banco de olhos do HB.
Para o provedor da Santa Casa de Jales, José Devanir Rodrigues, o Garça, a retirada dos órgãos para transplante representa um marco na história do hospital e um grande avanço no que diz respeito à conscientização das pessoas. “O gesto dessa família é muito nobre e representa uma evolução na sociedade em termos humanitários. É uma alegria pensar que apesar da chegada da morte ainda é possível salvar outras vidas. Espero que esse seja o primeiro de muitos!”, disse o provedor.
Já Dr. João Fernando Picolo, coordenador da SPOT, comemora e parabeniza a iniciativa dos funcionários da Santa Casa de Jales, que com este gesto, junto com a nobreza da família doadora, pode ajudar 6 pessoas que estão esperando por uma chance de vida nova.


Foto: Equipes após o transplante
Crédito: Santa Casa de Jales


Colaboração: Vivian Curitiba

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Diário da Região - Usuários elegem HB a melhor maternidade pública

O Hospital de Base em Rio Preto foi eleito, por usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) como a melhor maternidade pública de São Paulo. O interior do Estado, aliás, reúne as três melhores maternidades públicas eleitas. É o que aponta a mais recente Pesquisa de Satisfação dos Usuários do SUS, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde, com a participação de 204,4 mil pacientes, entre julho e dezembro de 2010.

Em primeiro lugar, com nota média 9,21, ficou a maternidade do Hospital de Base de Rio Preto, seguido pelo Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e pelo o Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) do HC de Campinas . A melhor maternidade pública da capital, segundo as pacientes, é o Hospital Estadual de Sapopemba, da Secretaria, posicionada em quarto lugar no ranking do Estado.

As usuárias receberam formulários e puderam encaminhar suas respostas por meio de carta, internet e telefone, avaliando quesitos como a satisfação com o atendimento prestado por médicos e outros profissionais, qualidade das instalações onde a paciente foi internada, permissão para acompanhante, permanência do bebê com a mãe no quarto e procedimentos de analgesia para evitar a dor durante o trabalho de parto.

O objetivo do projeto é monitorar a qualidade de atendimento e a satisfação do usuário, reconhecer os bons prestadores, identificar possíveis irregularidades e ampliar a capacidade de gestão eficiente da saúde pública.

Melhor maternidade pública do interior, o Hospital de Base de Rio Preto é um complexo médico-assistencial e hospitalar, composto por 574 leitos, dos quais 77 destinados de UTI (Unidades de Terapia Intensiva). Realizou, em 2010, 26,4 mil internações e 1,6 mil partos. Possui uma das maiores emergências do interior paulista, com atendimento mensal de 10 mil pacientes. Já o Hospital Estadual de Sapopemba – a melhor maternidade da capital – tem 169 leitos SUS para internação, distribuídos em uma área de 13.700 m2. Em 2010, realizou 13,4 mil internações e 3,5 mil partos.

Confira o ranking das 10 melhores maternidades públicas do Estado, eleitas pelos usuários do SUS/SP

- Hospital de Base de São José do Rio Preto – 9,210

- Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto – 9,162

- Caism do Hospital das Clínicas de Campinas – 9,131

- Hospital Estadual de Sapopemba (São Paulo) – 9,027

- Hospital das Clínicas de Botucatu – 9,004

- Santa Casa de Jaú – 8,998

- Hospital Estadual de Vila Alpina (São Paulo) – 8,950

- Hospital Municipal de Vila Nova Cachoeirinha (São Paulo) – 8,853

- Santa Casa de Franca – 8,815

10º - Hospital Municipal de Barueri “Dr. Francisco Moran” – 8,781
 

Novo meio de Comunicação

Este blog foi criado para divulgar notícias e destaque do Hospital de Base de São José do Rio Preto.
Avaliando o que é postado na mídia local, regional e nacional.